Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

[in]Sensato

Momentos de reflexão, opinião, crítica e entretenimento

7 comentários

  • Imagem de perfil

    P. P. 22.08.2017

    Ah, ah, ah
    Só mesmo tu. Nesta altura do ano, calções são obrigatórios. Sou um rapaz sempre quente, à exceção dos pés. Não se pode ser perfeito.
    Este tema redescobri-o numa novela mais ousada da Globo, O Rebu, o qual soava associado a cenas mais ousadas. Não nos montes! Ainda era pequeno pelo que tinha presentes temas de 89. Contudo, em 86, ainda a música chegava-nos atrasada e por cá pousava muito graças às novelas.
    Adoro aquela escuridão dos montes - cam ou APP Leika? -, contrastando com o Cumulo Nimbus.
  • Sem imagem de perfil

    Remus 22.08.2017

    A fotografia claramente tem tratamento digital. Porque é impossível, dada a grande diferença de luminosidades dos diversos elementos que existem na fotografia, de ela sair exactamente assim da câmara.
    Mas mesmo com os pozinhos de perlimpimpim, a fotografia ficou muito bem.

    E afinal, não explicaste a ligação entre a música e a fotografia.
    "Bizarre Love", um caminho deserto, uns montes escuros... Vamos ficar aqui (eu pelo menos fico) a pensar em parvoíces. E depois ainda pioras a situação, porque dizes que és quente... Já estou a imaginar que andaste a percorrer este caminho e estes montes, da forma como vieste ao mundo, mas com umas meias calçadas, já que é o único ponto do corpo onde tens frio. Mas agora que penso ainda mais nisso, fico com dúvida, dada a ausência de vestuário, de como é que protegeste das vespas e das moscas. Já das abelhas não existe problema, porque elas só procuram as flores. A menos que levasses alguma flor no...
    ACABOU! Não escrevo mais nada!!!!
    ImageImage
  • Imagem de perfil

    P. P. 22.08.2017

    És tramado. 
    As abelhas gostam de mim. Gostam do meu perfume, penso. Já as vespas...
    Não achas o caminho rumo às nuvens muito salutar para um Bizarre Love?
  • Sem imagem de perfil

    Remus 23.08.2017

    Mas eu não sei responder a essa pergunta, porque simplesmente não sei o que um "Bizarre Love".
    Será o amor sórdido de um pastor por uma ovelha?
    E agora que penso nisso, aliado à tua nudez ao percorrer este caminho, muitas mais coisas começam a fazer sentido.
    Image
  • Imagem de perfil

    P. P. 23.08.2017

    Um pastor e uma ovelha? Nãoooo! Image
    Este é um Bizarre Love Triangle, entre seres vivos racionais. Ou pelo menos, vistos como tal. Image Eu vi-te por aqui, quando foste fotografar os pneus! Image 
  • Sem imagem de perfil

    Remus 24.08.2017

    Porque insultas as ovelhas? Existem muitas ovelhas que são mais racionais que muita suposta "gente".
    Image

    Viste-me por aí quando fui fotografar pneus??
    Agora fiquei perdido. Não sei do que falas.
    Image
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

    Pesquisar

    Mais sobre mim

    foto do autor

    Arquivo

      1. 2019
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2018
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2017
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D

    Sussure-nos

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Direitos

    Ainda que procure uma utilização cautelosa e não abusiva de textos, imagens e sonoridades, poderá haver lugar à utilização indevida de obras objeto de direitos de autor. Contudo, apesar do recurso às hiperligações de origem, sempre que a legislação o implique ou seja devidamente informado, de imediato procederei a reajustes. Os textos e fotografias sem referência bibliográfica são da minha autoria.

    Wook